Configurar inicio rápido no Windows 10


Quando o assunto é aparelhos móveis, existe muitíssima informação: há pouco tempo te ensinamos a melhorar a segurança do Instagram e a baixar vídeos do Facebook. Hoje, nos concentraremos no sistema operacional Windows e te contaremos como fazer para configurar inicio rápido no Windows 10, logo de atualizar a plataforma desde o Windows 7 ou 8.

Muitos usuários instalam o Windows 10 desde um sistema anterior, como já sabemos. Pelo geral, você deveria notar um rendimento igual ou melhor ao que tenha com o sistema anterior devido a melhoras e otimizações que foram incorporadas. Mas o processo as vezes não é tão bom e você pode terminar com um sistema que demora demais para se iniciar. Por isso, deve comprovar que o inicio rápido esteja ativado.

O inicio rápido do Windows 10 é um avance introduzido no Windows 10 8.x e que o Windows 7 não tem, por isso, você deverá notar uma melhora nos tempos de inicio logo de atualizar o Windows 10 desde o seu Windows 7, e também notar a manutenção se passa desde o Windows 8.x. A ideia é combinar a potência de otimização de inicio que chegou com o Windows XP junto com uma hibernação. Então, ao desligar o computador, o núcleo do sistema hiberna de maneira tal que quando você voltar a ligá-lo não deveria voltar a carregar os arquivos. Assim, bastaria com carregar este núcleo desde o disco da memória e deixá-lo funcionar.

Isso se aplica a quando o sistema desliga e volta a funcionar mas não quando você reinicia o Windows. Neste caso o inicio seria igual ao do Windows 7, e pelo geral é maior o tempo que se você o desligasse e voltasse a iniciar.

Muito dos parches que a Microsoft lançou tocam certas partes do sistema e quando você os aplica, o computador deve recompor os núcleos do sistema novo. Isso acontece no processo de inicio. Alem disso, é útil no caso de ter problemas de estabilidade do sistema.

Ativar o inicio do Windows 10 para poder acelerá-lo funciona no caso de desligar e ligar o computador e não no caso de reinicio. É importante sabê-lo pois no primeiro caso o núcleo do sistema permanece e no reinicio todo o sistema começa a funcionar desde zero.

Agora que já sabemos o que é o inicio rápido, devemos comprovar que esteja ativado. para isso, sobre o botão de inicio você deverá clicar com o botão direito do mouse e selecionar “opções de energia”. Na tela que aparecerá, você deverá escolher “requerir senha ao reativar-se”.

Na parte inferior, verá os métodos de desligar que estarão disponíveis e ativados. Você deve então ativar o inicio rápido. Se não está habilitado, teste para ver como funciona.

Se quiser trocá-lo, o Windows te pedirá a licença do administrador e para isso terá que ir até a parte superior da tela e clicar em “trocar configuração atualmente não disponível” e assim você verá que as opções que não estiverem habilitadas, se habilitarão e poderá fazer todas as mudanças que quiser.

Se existir algum problema de reinicio você saberá que é por isso e poderá desativá-lo. Isso, somado á possibilidade de hibernação, que o que faz é salvar a sessão completa, são os métodos mais importantes para ter um inicio rápido no Windows 10.

Esperamos que tenha servido este truque de ajuda, como tantos outros truques, a melhorar a experiência no Windows 10. Até mais!

 





» »

Dejá un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos necesarios están marcados *